Fechar

Leopold Szondi

O psiquiatra húngaro de origem eslovaca e ascendência judaica fundou a escola de psicoterapia chamada Análise do Destino, que articula ideias de Freud, Jung, Binswanger, Husserl e outros, explorando o que decidiu chamar inconsciente familiar. Estudou psicanálise com Adolf Neumann, aluno de Sandor Ferenczi, discípulo direto de Freud. Perdeu o emprego quando leis antissemitas foram aplicadas na Hungria e foi levado ao campo de concentração em Bergen-Belsen, onde proferiu seminários motivacionais aos demais prisioneiros. Com auxílio de Carl Gustav Jung, foi libertado com a mulher e os dois filhos depois de seis meses de prisão. Lecionou na Universidade de Zurique e recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade Católica de Louvain. Dá nome ao famoso Teste de Szondi.