Fechar

Michael Oakeshott

Michael Joseph Oakeshott, britânico, formou-se em História na Universidade de Cambridge, onde obteve o título de mestre e de doutor. Filósofo político dos mais importantes do século XX e artífice magistral da língua inglesa, Oakeshott ainda é um pensador pouco conhecido, quase sempre negligenciado ou ignorado – embora se perceba um recente aumento de interesse por suas ideias. Sua produção literária é extensa. Postumamente foram publicados, dentre outros, Rationalism in Politics and Other Essays; Religion, Politics, and the Moral Life; Sobre a História e Outros Ensaios. Liberal hobbesiano em questões do Estado e idealista hegeliano para quem a vida moral se baseia nas atividades de indivíduos historicamente situados, Oakeshott repudiava o extremismo político ocorrido na Europa nos anos 1930, e seus escritos desse período revelam críticas ao nazismo e ao marxismo. Morreu em 1990, aos 89 anos, no Condado de Dorset, Inglaterra.