Fechar

Henri-Frédéric Amiel

Autor do Diário Íntimo, que se tornou referência para uma série de escritores, entre os quais Liev Tolstói, Fernando Pessoa e Otto Maria Carpeaux, e também alguns brasileiros, o poeta e crítico literário foi professor de Estética e de Filosofia em Genebra. É mencionado por Manuel Bandeira no poema “Não sei dançar” e foi traduzido para o português pelo filósofo Mário Ferreira dos Santos.