Fechar

Carta aos Ingleses

40%
AUTOR:
Bernanos, Georges

Editora:
É Realizações

Gênero:
Ciências Humanas e Sociais

Subgênero:
Crítica Cultural

Formato:
14 x 21 cm

Número de Páginas:
208

Acabamento:
Brochura

ISBN:
978-65-86217-40-7

Ano:
2021
Pertence à coleção:
Coleção Georges Bernanos

Tags:
França

Carta aos Ingleses

R$59,90 R$35,94

CEP inválido! Verifique e tente novamente.


Estamos com problemas de leitura do QR Code para pagamentos via Pix realizados pelo Nubank. Se optar pelo Pix, pedimos para que tente pagamento junto a outros bancos. Não sendo possível, orientamos optar por outras formas de pagamento. Obrigado!

Sinopse

Carta aos Ingleses, um dos últimos textos de Georges Bernanos, consiste num livro epistolar, totalizando sete cartas e um prefácio, que datam de dezembro de 1940 e seguem até novembro de 1941. Escrito durante o período em que o autor viveu em Barbacena, interior de Minas Gerais, o livro é tido por muitos como um verdadeiro tesouro cultural de nossa época. Suas sete cartas evidenciam um grande ressentimento pela França, principalmente após o episódio de Vichy; contudo, evidenciam em igual proporção sua esperança em uma redenção. As cartas aos ingleses são como um pedido de Bernanos para que estes cuidem de sua amada França até o dia em que virá a redenção que livrará sua terra das manchas de seu passado.

Leia mais informações sobre o livro logo abaixo da seção "OBRAS RELACIONADAS"!

Leitores que compraram este livro se interessaram também por:

Mais obras de Georges Bernanos

 

SOBRE O LIVRO

Carta aos Ingleses foi escrito no período em que Georges Bernanos viveu em Barbacena, Minas Gerais. No prefácio, o autor dita o tom do livro ao expor seu amor pelas terras brasileiras. Essa admiração é claramente colocada em contraste com o ressentimento nutrido por sua terra natal, a França, sobretudo após os eventos relacionados a Vichy. Bernanos menciona Joana d’Arc diversas vezes no livro, de modo a ressuscitar as virtudes da santa francesa e como recado “profético” à França. Para o autor, o retorno à inocência própria dos santos – Joana d’Arc, especificamente – é a chave para fugir da tragédia. Essa inocência, podemos perceber, era encontrada por Bernanos aqui no Brasil, mas apenas aperfeiçoada na cultura inglesa. Por esse motivo, as cartas aos ingleses foi uma espécie de pedido para um velho amigo que cuidasse de um filho cujo pai não tem mais forças para isso. O tom de denúncia e até mesmo de protesto trabalha muito bem com o tom espiritual e extremamente piedoso com que Bernanos trata temas tão controversos, principalmente para a época, como política, eclesiologia, espiritualidade e cultura.

 

Endossos

“Carta aos Ingleses consta no todo da obra de Bernanos como seu manifesto político e espiritual.”
- Hans Urs von Balthasar, Bernanos: an Ecclesial Existence


Curiosidades

• Primeira tradução da obra para o português.
• Carta aos Ingleses é um dos livros de não ficção mais aclamados de Georges Bernanos.
• Obra escrita enquanto Bernanos morava em Barbacena; o autor dedica o prefácio do livro para falar de sua relação com o Brasil.
• A obra aborda temas de vital importância para os debates públicos contemporâneos.


SUA LEITURA SERÁ ESPECIALMENTE PROVEITOSA PARA:

• Interessados e estudiosos de literatura católica do século XX, estudantes do período da Segunda Guerra, interessados e estudiosos da literatura francesa (especialmente a literatura epistolar).