Fechar

Natal: A História Original

AUTOR:
Barker, Margaret

TRADUÇÃO:
Righi, Maurício G.

Editora:
Filocalia

Gênero:
Religião e Espiritualidade

Subgênero:
Cristianismo

Formato:
14 x 21 cm

Número de Páginas:
296

Acabamento:
Brochura

ISBN:
978-85-69677-32-1

Ano:
2019
Tags:
natal, cristianismo primitivo e teologia bíblica

Natal: A História Original

R$69,90

Sinopse

Em Natal: a história original, Margaret Barker exalta a beleza do Natal através de textos antigos e, sobretudo, na tradição judaica da época de Jesus. A partir do Novo Testamento, ela analisa textos dos evangelhos apócrifos, como o Protoevangelho de Tiago, além do Evangelho Árabe da Infância de Jesus e até mesmo algumas partes do Corão. Barker articula todos esses textos a partir da sua célebre Teoria do Templo, defendendo que a visão de mundo dos primeiros cristãos derivava do formato e da liturgia do Templo em Jerusalém. Assim, ela analisa a história do Natal considerando a perspectiva da época dos primeiros cristãos, com um olhar minucioso para um simbolismo compartilhado por todos no período histórico marcado pelo grande acontecimento da Natividade de Jesus.

Leitores que compraram este livro se interessaram também por:

Mais obras de Margaret Barker

SOBRE O LIVRO

 
Em Natal: a história original, a teóloga metodista Margaret Barker reuniu seus estudos sobre a origem do Natal. Ela quer exaltar a beleza do contexto literário e cultural da tradição judaica da época da infância de Jesus, salientando também a visão de mundo dos primeiros cristãos. Para isso, parte do Novo Testamento e faz incursões em outros textos menos conhecidos como o Protoevangelho de Tiago, o Evangelho Árabe da Infância de Jesus e até mesmo alguns textos do Corão. Segundo Barker, os escritos da época estavam impregnados de profecias, mas também eram sensíveis a outros padrões de simbolismo. Portanto, ela usa o seu conhecimento da tradição do templo e da cultura judaica da época do nascimento de Jesus para narrar a história da Encarnação a partir do seu contexto cultural e literário original.

Atualmente, o nascimento de Jesus parece ter se tornado uma data meramente comercial, e o que Margaret Barker propõe com o seu livro Natal: a história original é uma restauração do simbolismo da celebração dessa data. Ela quer resgatar o contexto literário e cultural da tradição judaica da época de Jesus, salientando também a visão de mundo dos primeiros cristãos. Portanto, a intenção de Margaret Barker é buscar nesses textos antigos, sobretudo na tradição judaica da época, o contexto histórico original em que ocorreu o nascimento de Jesus.

Para Margaret Barker, boa parte da história conhecida pelos primeiros cristãos não é encontrada nos Evangelhos de Mateus e Lucas, por isso alguns dos detalhes da arte cristã e da literatura nem sempre são compreendidos. Portanto, Natal: a história original é um livro que, além de resgatar o sentido natalino real a partir da célebre Teologia do Templo desenvolvida pela autora, torna-se também uma referência nos estudos de textos antigos.


ENDOSSOS

 
“As pesquisas do Templo de Margaret Barker revelam padrões não detectados anteriormente e novas significações nas referências do Novo Testamento para o nascimento de Jesus Cristo. Ela é uma das estudiosas cristãs mais inspiradoras do nosso tempo.” – REVERENDO RICHARD CHARTRES, Bispo de Londres.
 
“[...] fascinante discussão [...]. [A] interpretação de Margaret Barker da Teologia do Templo não deve ser ignorada por quem quer que se interesse pelo judaísmo e pelas origens da fé cristã.” – JOHN MCDADE, diretor do Heythrop College da Universidade de Londres.


CURIOSIDADES

 
• A autora exalta a beleza do Natal através de textos antigos e, sobretudo, da tradição judaica da época de Jesus.
 
• O livro salienta a visão de mundo dos primeiros cristãos a partir do Novo Testamento e faz incursões em outros textos menos conhecidos como o Protoevangelho de Tiago, o Evangelho Árabe da Infância de Jesus e até mesmo alguns textos do Corão.
 
• A proposta barkeriana é de interesse tanto dos teólogos cristãos como dos teólogos judeus e até muçulmanos, e serve de precioso auxílio no diálogo entre essas religiões.
 
• Por dar voz inclusive a correntes teológicas normalmente consideradas heterodoxas pelo cristianismo e pelo judaísmo, o trabalho de Barker é de interesse verdadeiramente ecumênico.
 
• Ela também critica o fato de o Natal ter se tornado uma data meramente comercial e propõe uma restauração do simbolismo da celebração dessa data.
 
• Além de resgatar o sentido natalino real a partir da célebre Teologia do Templo desenvolvida pela autora, o livro também é uma referência para os estudos de textos antigos.
 
• A obra também se destaca pelo valor interdisciplinar, trazendo materiais de teologia, filologia e história, simultaneamente.


SUA LEITURA SERÁ ESPECIALMENTE PROVEITOSA PARA:

 
• Estudantes de teologia, ciências da religião ou história.
 
• Professores de cultura hebraica, história de Israel, teologia bíblica, Antigo Testamento, Novo Testamento, bibliologia, crítica bíblica, exegese bíblica, liturgia, filologia hebraica, cristologia, Patrística, história da Igreja ou ecumenismo.
 
• Clérigos e seminaristas.
 
• Pesquisadores de temas como primeiro templo de Jerusalém, composição do cânon bíblico, escritos apócrifos, misticismo judaico, misticismo cristão, heterodoxia, Jesus histórico e diálogo inter-religioso.
 
• Cristãos e judeus que apreciam a pesquisa teológica.
 
• Interessados em geral nos estudos sobre religião ou história antiga.