Fechar

Os Sagrados Cães Dançarinos - Mística e heresia em Franz Kafka

AUTOR:
Oyakawa, Eduardo

Editora:
Filocalia

Gênero:
Literatura

Subgênero:
Teoria e Crítica Literária

Formato:
14 x 21 cm

Número de Páginas:
240

Acabamento:
Brochura

ISBN:
978-85-6967-736-9

Ano:
2020
Tags:
literatura, crítica literária, estudos literários, Franz Kafka, mística, heresia e religiosidade

Os Sagrados Cães Dançarinos - Mística e heresia em Franz Kafka

R$69,90

CEP inválido! Verifique e tente novamente.


Sinopse

Eduardo Oyakawa nos revela um Franz Kafka hipersensível à existência, um mestre que caminha deixando cair algumas pedras preciosas; seu trabalho foi reconhecer o brilho destas pérolas, recolhê-las com cuidado e, por fim, apresentá-las ao leitor. De forma ousada, sugere que “há na literatura de Franz Kafka a procura por uma luz lobrigando nas trevas”. E na tentativa de desvelar esses aspectos místicos e sobrenaturais na obra de Kafka, Oyakawa propõe, de forma original e generosa, uma investigação sobre a face cruel e angélica do Deus escondido nos subterrâneos do mundo. Este livro é, portanto, o resultado de mais de uma década de reflexões e questionamentos que encontraram respostas na filosofia, na teologia e na história das ideias.

Leia mais informações sobre o livro logo abaixo da seção "OBRAS RELACIONADAS"!

  • Palestra

Leitores que compraram este livro se interessaram também por:

 

SOBRE O LIVRO

A obra Os Sagrados Cães Dançarinos: Mística e heresia em Franz Kafka é o resultado de mais de uma década de reflexões e indagações do autor, Eduardo Oyakawa, originando investigações sobre filosofia, teologia e história das ideias. A intenção do livro é trazer à luz a possibilidade de uma hermenêutica de cunho místico sobre algumas das narrativas kafkianas.

Na tentativa de desvelar um aspecto sobrenatural, o autor propõe, de forma original e generosa com o leitor, investigar a face cruel e angélica do Deus escondido no mundo. Seu posicionamento é ousado, pois, apesar de haver intérpretes que afirmam a existência de um apelo ao transcendente na obra de Kafka, a maioria nega essa ânsia pelo divino. Portanto, em Sagrados Cães Dançarinos, coube ao autor, Eduardo Oyakawa, a difícil tarefa de investigar um aspecto pouco aprofundado: o teor místico encontrado em algumas obras kafkianas.

São muitos os pontos altos de Os Sagrados Cães Dançarinos, de Eduardo Oyakawa: em primeiro lugar, a análise contextual, importante porque situa o leitor no espírito do tempo, proporcionando maior clareza nos escritos analisados; depois, a eloquente exposição do antagonismo vivido por Kafka entre a vida prática (muito influenciada pelo “pragmatismo mundano” do pai) e a vida espiritual (inspirada pelos antepassados judeus); e por fim, a uma apresentação sistemática dos intérpretes, oferecendo ao leitor uma multivisão das críticas feitas a este autor nascido em Praga, desvelando, de maneira surpreendente, uma religiosidade presente nos livros estudados, tendo como chave de leitura a hipótese scholeniana de mística herética. A belíssima análise do conto O Covil, da Metaformose, e da novela O Processo, além da hermenêutica poética e sagrada de Investigações de um Cão, onde efetivamente a luz brilha na infinita noite kafkiana, oferecem ao leitor exigente textos muito bem escritos, mostrando que a linguagem não é mero adereço acidental, mas sim, essencial.


Curiosidades

• É um livro que propõe uma abordagem mística, pouco comum para os textos de Franz Kafka. 

• O autor levanta questões sobre filosofia, teologia e história das ideias, a fim de interpretar pontos obscuros nos textos kafkianos. 

• Eduardo Oyakawa faz uma brilhante análise textual dos escritos de Kafka, revelando-nos um antagonismo vivido por Kafka entre a vida prática e a vida espiritual.

 

SUA LEITURA SERÁ ESPECIALMENTE PROVEITOSA PARA:

• Admiradores da obra de Franz Kafka.

• Interessados em análises simbólicas na literatura.

• Estudantes de literatura.

• Professores de literatura contemporânea.