Fechar

A Estrutura do Canto - Sistema e arte na técnica vocal

AUTOR:
Miller, Richard

TRADUÇÃO:
Silva, Luciano Simões

Editora:
É Realizações

Gênero:
Artes

Subgênero:
Música

Formato:
16 x 23 cm

Número de Páginas:
552

Acabamento:
Brochura

ISBN:
978-85-8033-335-0

Ano:
2019
Tags:
fisiologia da voz, acústica, canto lírico, educação musical, fonoaudiologia, preparação vocal, bel canto, ópera, obra de referência, guia e manual

A Estrutura do Canto - Sistema e arte na técnica vocal

R$129,90

Sinopse

Considerado o mais importante manual sobre o uso artístico da voz, A Estrutura do Canto é de autoria do grande cantor e pedagogo vocal Richard Miller. O livro, pela primeira vez publicado em português, pretende remover a aparência de mistério que envolve o ofício dos cantores, oferecendo-lhes um guia completo sobre o uso e a fisiologia de seu instrumento. Com centenas de exercícios (tanto musculares como propriamente vocais) e quase cem páginas de referências bibliográficas, a obra congrega precisão científica e sensibilidade musical, sendo o autor um herdeiro da admirada tradição do bel canto. As regras aqui ensinadas – e enriquecidas por figuras ilustrativas, glossários, índices remissivos, apêndices com detalhamentos técnicos e esclarecedoras notas do tradutor – habilitarão o leitor a empregar sua voz sem que esta enfrente obstruções físicas. Os cantores, os estudiosos autodidatas de música erudita e os estudantes e professores de canto ou de fonoaudiologia extrairão deste volume um proveito duradouro.

Leia mais informações sobre o livro logo abaixo da seção "OBRAS RELACIONADAS"!

SOBRE O LIVRO

Todo interessado por música, ao ler A Estrutura do Canto, descobre que deveria ter conhecido esta obra mais cedo. Mundialmente celebrado como principal guia de preparação vocal, o livro une teoria e prática, ciência e arte, experiência acumulada e investigação. Ele desbrava a estrutura e o funcionamento de cada órgão, e os desafios característicos de cada etapa, envolvidos na performance de um cantor. Com centenas de exercícios, o manual abrange todos os tópicos relevantes para quem se dedica a esse ofício, desde a pronúncia das sílabas e o controle sobre a respiração até os cuidados com a saúde vocal e a complexidade da relação entre os professores de canto e seus alunos. Richard Miller, o autor, é reconhecido como um dos maiores educadores vocais das últimas décadas, além de excepcional cantor lírico, herdeiro da tradição do bel canto. Nunca antes publicado em português, este título conta com tradução de Luciano Simões Silva, doutor em performance vocal pela Michigan State University e professor de canto na Universidade Federal da Integração Latino-Americana, e com texto de apresentação de Francisco Campos Neto, professor de canto e arte lírica no Departamento de Música da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

A Estrutura do Canto alcança o feito de remover da arte de cantar a aura misteriosa que faz dela inteiramente dependente da intuição. O problema dessa dependência é que ela torna o cantor permanentemente subordinado a seu intrincado aparelho vocal, ao invés de exercer domínio sobre ele. Depois de ler este livro, o músico terá a segurança de fazer a sua voz funcionar sem empecilhos físicos – empregando, ao contrário, o corpo e a mente em seu benefício. Os exercícios aqui oferecidos são tanto musculares como propriamente vocais. A eles se somam como recursos didáticos muitas figuras ilustrativas, um glossário de termos vocais, um glossário de termos não musicais, um índice onomástico, um índice sistemático, meia dúzia de apêndices com detalhes técnicos e, nesta edição, esclarecedoras notas do tradutor. Servindo de base a tudo está, é claro, a discussão teórica, que Richard Miller conduz se valendo da sua experiência como cantor e professor, das diversas tradições históricas de canto e dos estudos científicos sobre fonoaudiologia e fisiologia da voz. Muito bem informado, o autor menciona anedotas e esclarece mal-entendidos de cada área desse campo de pesquisas. A profundidade de sua investigação fica evidenciada na bibliografia, cujas referências ocupam quase uma centena das páginas do volume.

Richard Miller aborda cada uma das etapas do canto. A obra inicia se perguntando como coordenar, entre o início e o término de uma performance, o equilíbrio muscular. Para responder, distingue os inícios suave, aspirado e equilibrado, os ataques duro e glótico e os términos suave, duro e equilibrado; discute o uso do staccato e os bons efeitos da coordenação para a saúde vocal; e oferece vocalises que habituarão o cantor a um equilíbrio dinâmico. Em seguida se investiga o gerenciamento da respiração: o controle sobre a glote; a harmonia entre o uso da respiração como apoio e a manutenção de um ritmo para ela; exercícios com e sem fonação, e envolvendo sibilantes e fricativas – o emprego flexível da capacidade respiratória é o que garantirá agilidade. Passada a glote, a voz ressoa; então o autor reflete sobre a pronúncia das vogais e das consoantes, a influência da abertura da garganta e do fechamento velofaríngeo, a “colocação” da voz e a percepção que o cantor tem de seu próprio timbre. O sostenuto, o vibrato e as especificidades dos registros masculinos e femininos também são temas de A Estrutura do Canto, assim como os preparativos de uma apresentação e a interação educador-cantor. Com as dicas, o leitor será capaz de garantir à voz saúde e longevidade – e, o que mais importa, estará motivado a aprimorar seu autoconhecimento.

 

ENDOSSOS

“Manual baseado em cuidadosa pesquisa, [...] proporcionando fundamento sólido que habilita o artista à livre expressão. [...] um recurso prático e fácil de usar para professores, estudantes de canto, cantores profissionais e qualquer um interessado no ‘como’ e no ‘por que’ da voz humana.”
– KERRY L. KREBILL (mestre em regência de coral pela Catholic University of America), Music Educators Journal

A Estrutura do Canto é um livro reconhecidamente atual, pautado em argumentos científicos, com respostas respaldadas por diferentes áreas de conhecimento, como a fonoaudiologia.”
– FRANCISCO CAMPOS NETO, professor de canto e arte lírica no Departamento de Música da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP)

“Texto essencial, no qual é delineada toda a metodologia e pedagogia desenvolvidas durante décadas por um dos mais respeitados professores de canto de todos os tempos. [...] principal livro do grande Richard Miller [...], um trabalho tão seminal na pedagogia vocal [...], e continua sendo essencial em qualquer biblioteca de música.”
– LUCIANO SIMÕES SILVA, doutor em performance vocal pela Michigan State University e professor de canto na Universidade Federal da Integração Latino-Americana

 

CURIOSIDADES

• A Estrutura do Canto tem se mantido por décadas como obra de referência em preparação vocal, o livro mais importante desse ramo da educação musical.

• Mesmo assim, a obra nunca havia sido publicada em português: trata-se de um texto inédito no Brasil.

• O volume inclui centenas de exercícios; glossários; imagens ilustrativas; apêndices com minúcias técnicas; índices sistemático e onomástico; e valiosas notas do tradutor.

• Tendo sido cantor e professor de canto, Richard Miller é hábil em conciliar sensibilidade artística e precisão científica – valendo-se, com didatismo, tanto de sua experiência como de pesquisas recentes em fonoaudiologia.

• Esta edição conta com ensaio de apresentação de Francisco Campos Neto, professor de canto e arte lírica no Departamento de Música da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

• Além disso, a tradução é assinada por Luciano Simões Silva, doutor em performance vocal pela Michigan State University e professor de canto na Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

• Com este lançamento enriquecemos a Biblioteca Musical da É Realizações, que conta com outros títulos de referência, por exemplo Como Ouvir e Entender Música (de Aaron Copland).

 

SUA LEITURA SERÁ ESPECIALMENTE PROVEITOSA PARA:

• Cantores profissionais.

• Professores e estudantes de canto ou de fonoaudiologia.

• Pesquisadores de temas como fisiologia da voz, acústica, canto lírico, pedagogia vocal, preparação vocal, educação musical, sonologia.

• Estudiosos autodidatas de música erudita.