Fechar

A Vida Intelectual e A Arte e a Moral

AUTOR:
Sertillanges, A.-D.

PREFÁCIO:
Nougué, Carlos

TRADUÇÃO:
Silva, Lília Ledon da e Malimpensa, Lara Christina de

Editora:
É Realizações

Gênero:
Ciências Humanas e Sociais

Subgênero:
Educação

Formato:
18 x 25 cm

Número de Páginas:
248

Acabamento:
Brochura

ISBN:
978-65-86217-17-9

Ano:
2020
Pertence à coleção:
Coleção Educação Clássica

Tags:
Pedagogia, Filosofia da Educação, educação e religião e guia

A Vida Intelectual e A Arte e a Moral

R$44,90

CEP inválido! Verifique e tente novamente.


Sinopse

A Vida Intelectual, redigida originalmente em 1920, tornou-se rapidamente célebre e até hoje consta no cânone das obras indispensáveis para a organização do trabalho intelectual. Para desenvolver um guia com lições claras e precisas, Sertillanges inspirou-se na carta de Santo Tomás de Aquino, De Modo Studendi, dirigida a um confrade monástico que lhe pedia conselhos para a vida de estudos. Dos princípios estabelecidos pelo Aquinate, Sertillanges desenvolveu um manual prático com orientações seguras para quem se dedica à vida intelectual. O objetivo é trilhar um caminho na busca da verdade, que necessariamente acaba indo ao encontro do bom, do belo e do verdadeiro. Por isso, nesta edição especial bilíngue foi adicionado um breve livro de Sertillanges, ainda inédito no Brasil: A Arte e a Moral. Se a busca da Verdade termina no encontro da Beleza, nada mais justo do que conhecer as reflexões do grande tomista francês sobre o assunto.

Leia mais informações sobre o livro logo abaixo da seção "OBRAS RELACIONADAS"!

Leitores que compraram este livro se interessaram também por:

Mais obras de A.-D. Sertillanges

 

SOBRE O LIVRO

 
Sertillanges escreveu A Vida Intelectual em 1920. Rapidamente se tornou uma obra célebre, e até hoje consta no cânone dos livros indispensáveis para a organização do trabalho intelectual. Mais do que um guia para os estudos, trata-se de um texto inspirador que, além de oferecer dicas preciosas para os estudantes, consegue expressar um ideal de vida para o estudioso, com a beleza do estilo e com a clareza e concisão do filósofo. Esta edição também conta com uma outra obra-prima do grande tomista francês: a Arte e a Moral. Segundo a tradição tomista, a busca da Verdade leva às coisas sublimes que exaltam a Beleza. Nesta nova edição especial, bilíngue, o texto foi totalmente revisado pelo professor Carlos Nougué, que também escreveu uma apresentação, na qual incorporou a tradução da carta De Modo Studendi, que Santo Tomás escreveu para um amigo dominicano, na qual Sertillanges se inspirou para escrever A Vida Intelectual. Outra novidade é o acréscimo de mais um livro, A Arte e a Moral, em que o grande teólogo dominicano reflete sobre a importância das artes e a contemplação da beleza na busca pelo conhecimento e da verdade. Na filosofia tomista, o que é bom, belo e verdadeiro tende a difundir-se, a comunicar toda a sua bondade, beleza e verdade. Por isso, além de ser indispensável conhecer os meios apontados por Sertillanges, em A Vida Intelectual, para conquistar o conhecimento necessário para a busca da verdade, suas reflexões sobre as artes numa perspctiva moral um excelente complemento para que o estudante possa ultrapassar o nível de seus estudos e, a partir da meditação feita em A Arte e a Moral, a vida intelectual ganha um aspecto de contemplação da beleza que torna-se o esplendor da verdade. Portanto, a importância das artes ajudam a contemplar o real em todas as suas nuances verdadeiramente superiores.

Endossos

 
“O grande dominicano francês ainda nos ensina a aprender, mas apenas se formos livres o suficiente para permitir que ele nos ensine.” – PROF. JAMES SCHALL, S.J., Georgetown University

Curiosidades

 
• Revista e amplicada, essa nova edição conta com um livro inédito de Sertillanges sobre a arte e a moral

• É um livro contribui bastante para os debates sobre educação em nosso país.

• É um clássico que incorpora o cânone dos livros indispensáveis para a organização do trabalho intelectual

• Edição totalmente revisada pelo professor Carlos Nougué, que também escreveu um prefácio exclusivo

• A obra se baseia numa carta de Santo Tomás com dicas de estudo a um amigo dominicano, carta que está traduzida no prefácio desta edição.

• O livro salienta a importância da cultura clássica na educação.

SUA LEITURA SERÁ ESPECIALMENTE PROVEITOSA PARA:

 
• Pedagogos e profissionais da educação em geral.

• Professores de filosofia da educação, sociologia da educação ou história da pedagogia.

• Pesquisadores na área de pedagogia, ciências da religião, teologia, filosofia ou cursos de licenciatura.

• Interessados em educação clássica, artes liberais (trivium e quadrivium) ou homeschooling.